Teste do Pezinho

Você já ouviu falar do teste Trec e Krec?

Esse é o nome dado para a Triagem para Imunodeficiências Congênitas – SCID ( síndrome da imunodeficiência combinada grave), Agamaglobulinemia e outras linfopenias de células T e B, esse teste é indicado para:

  • Triagem neonatal para SCID e AGAMA.
  • Identificação precoce de Imunodeficiências Congênitas.
  • Monitoramento de pacientes em tratamento de imunodeficiências.

O mesmo visa à identificação precoce o que auxilia no diagnóstico e tratamento adequados, uma vez que os recém-nascidos não apresentam nenhum sinal da doença ao nascimento e por isso ficam propensos ao desenvolvimento de infecções crônicas, debilitantes e que podem evoluir para óbito antes do primeiro ano de vida.
Quando coletar?
A amostra de sangue pode ser colhida já nas primeiras 24h de vida e não é necessário aguardar o início da amamentação. O ideal é a realização deste teste e a obtenção do resultado antes que vacinas com organismos vivos atenuados sejam aplicadas em seu bebê (Ex: BCG) Esta precaução é ainda mais relevante em casos de histórico familiar de tratamentos múltiplos ou óbitos por infecções severas na infância.
Atenção: Em caso de transfusão sanguínea coletar após 7 dias.
Noticia boa? Temos!!
Quase a totalidade dos recém-nascidos diagnosticados precocemente com estas condições e tratados antes de completar três meses de vida terão uma vida normal.

Teste BÁSICO

Teste BÁSICO

Total de Doenças Rastreadas: 12

Exames realizados:
  1. Fenilalanina (PKU);
  2. TSH;
  3. Hemoglobinas;
  4. IRT;
  5. 17 OH Progesterona;
  6. Biotinidase.

Teste AMPLIADO

Teste AMPLIADO

Total de Doenças Rastreadas: 30

Exames realizados:

  1. Fenilalanina (PKU);
  2. TSH;
  3. Hemoglobinas;
  4. IRT;
  5. 17 OH Progesterona;
  6. Biotinidase;
  7. TSH;
  8. T4;
  9. Aminoácidos.

Teste PLUS

Teste PLUS

Total de Doenças Rastreadas: 33

Exames realizados:

  1. Fenilalanina (PKU);
  2. TSH;
  3. Hemoglobinas;
  4. IRT;
  5. 17 OH Progesterona;
  6. Biotinidase;
  7. TSH;
  8. T4;
  9. Aminoácidos;
  10. Galactose;
  11. Anticorpos IgM Anti-Toxoplasma
    gondii.

Teste MASTER

Teste MASTER

Total de Doenças Rastreadas: 38

Exames realizados:

  1. Fenilalanina (PKU);
  2. TSH;
  3. Hemoglobinas;
  4. IRT;
  5. 17 OH Progesterona;
  6. Biotinidase;
  7. TSH;
  8. T4;
  9. Aminoácidos;
  10. Galactose;
  11. G6PD;
  12. Anticorpos IgM Anti-Toxoplasma
    gondii;
  13. Anticorpos IgM Anti-Treponema
    pallidum;
  14. Anticorpos IgG AntiTrypanossoma cruzi;
  15. Anticorpos IgM AntiCitomegalovírus;
  16. Anticorpos IgM Anti-Rubéola.

Teste EXPANDIDO

Teste EXPANDIDO

Total de Doenças Rastreadas: 60

Exames realizados:

  1. Fenilalanina (PKU) e Tirosina;
  2. TSH;
  3. T4;
  4. Hemoglobinas;
  5. IRT;
  6. 17-OH Progesterona;
  7. Galactose;
  8. Biotinidase;
  9. Anticorpos IgM Anti-Toxoplasma gondii;
  10. Triagem para Erros Inatos do
    Metabolismo (Aminoacidopatias –
    Distúrbios do Ciclo da Uréia –
    Acidemias Orgânicas – Defeitos da
    Beta Oxidação dos Ácidos
    Graxos).

Teste COMPLETO

Teste COMPLETO

Total de Doenças Rastreadas: mais de 100

Exames realizados:

  1. Fenilalanina (PKU) e Tirosina;
  2. TSH;
  3. T4;
  4. 17-OH Progesterona;
  5. IRT;
  6. Triagem para Erros Inatos do
    Metabolismo ** (Aminoacidopatias
    – Distúrbios do Ciclo da Uréia –
    Acidemias Orgânicas – Defeitos da
    Beta Oxidação dos Ácidos Graxos);
  7. Galactose;
  8. Biotinidase;
  9. G6PD;
  10. Hemoglobinas;
  11. Beta-Glicosidase Ácida;
  12. Alfa-Glicosidase Ácida;
  13. Alfa-Galactosidase A;
  14. Alfa-L-Iduronidase;
  15. Pesquisa da Mutação 35 delG no Gene GJB2;
  16. Anticorpos Anti-HIV;
  17. Anticorpos IgM Anti-Toxoplasma gondii;
  18. Anticorpos IgM AntiCitomegalovírus;
  19. Anticorpos IgG AntiTrypanossoma cruzi;
  20. Anticorpos IgM Anti-Rubéola;
  21. Anticorpos IgM Anti-Treponema pallidum;
  22. SCID, AGAMA – Detecção de cópias de TREC e KREC.

TESTES ISOLADOS

  • 17 OH Progesterona – Hiperplasia congênita da Suprarrenal;
  • Anticorpos Anti-HIV – Infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana;
  • Análise qualitativa de Aminoácidos – Aminoacidopatias, incluindo os Distúrbios do Ciclo da Ureia;
  • Anticorpos IgM para Citomegalovírus – Deficiência da Biotinidase • Atividade enzimática da Biotinidase;
  • Atividade enzimática da G6PD – Deficiência da G6PD;
  • MCAD – Deficiência de Acil CoA Desidrogenase de Cadeia Média;
  • Análise Qualitativa das Acilcarnitinas e Aminoácidos – Distúrbios dos Ácidos Orgânicos • Distúrbios da Beta Oxidação dos Ácidos Graxos • Distúrbios do Ciclo da Uréia • Pesquisa de Aminoacidopatias;
  • Anticorpos IgG Anti-Tripanossoma cruzi – Doença de Chagas;
  • Dosagem da atividade da Beta-Glicosidase Ácida – Doença de Gaucher;
  • Dosagem da atividade da Alfa-Glicosidase Ácida – Doença de Pompe;
  • Dosagem da atividade da Alfa-Galactosidase A – Doença de Fabry;
  • Galactose total – Galactosemia;
  • Fenótipos das hemoglobinas – Hemoglobinopatias;
  • Tripsina Imuno reativa – Fibrose Cística;
  • Fenilalanina (PKU) – Fenilcetonúria;
  • Anticorpos IgM Anti-Rubéola – Rubéola;
  • Anticorpos IgM para Treponema pallidum – Sífilis Congênita;
  • Pesquisa da Mutação 35 delG no Gene GJB2 – Conexina 26 – Surdez Genética;
  • T4 – Tiroxina – Hipotireoidismo congênito;
  • Anticorpos IgM Anti-Toxoplasma gondii – Toxoplasmose Congênita;
  • TSH – Tireotropina – Hipotireoidismo congênito;
  • Detecção de cópias de TREC e KREC – Imunodeficiência Combinada Grave e outras Linfopenias de Células T e B;
  • Dosagem da atividade da Beta-Glicosidase Ácida, Alfa-Glicosidase Ácida, AlfaGalactosidase A, Alfa-L-Iduronidase – Doença de Gaucher, Doença de Pompe, Doença de Fabry e Mucopolissacaridose Tipo 1 (MPS 1).
ACOMPANHE

Av. Onze de Agosto, 1818, Vila Embaré
Valinhos/SP - CEP 13.271-210
(19) 3327-5554

Horário de Funcionamento:

Segunda a Sexta:
08:00 as 18:00
Sábado:
08:00 - 12:00

Desenvolvido por Semeia Propaganda